Aromaterapia, Bem estar, Floralterapia, Nature Therapy

TPM: tudo o que você precisa saber!

Você já ouviu essa famosa palavra…TPM! Tem horas que ela é assustadora, né?! TPM significa Síndrome da Tensão Pré Menstrual. Segundo dados do Ministério da Saúde (MS), cerca de 7 em cada 10 mulheres sofrem com sintomas da TPM no Brasil.

A Síndrome pré menstrual, conhecida mais popularmente como TPM, em casos mais graves, pode afetar rotinas e até relacionamentos.

Existem no mercado produtos naturais que podem ajudar a aliviar os sintomas, como vitaminas, chás e sucos além das soluções oferecidas pela Nature Therapy para reduzir os níveis de estresse, compulsão, ansiedade e agitação presentes nesses dias.

Saiba quais são seus sintomas, suas causas e o que fazer para reduzir esse desconforto!

A TPM é um conjunto de sintomas comuns que são notados em 70% das mulheres em todo país. Essa condição física, afeta o emocional, físico e comportamental durante um intervalo que pode variar de mulher para mulher.

Começam entre os 5 ou 10 dias que antecedem a menstruação, e tendem a desaparecer assim que ela começa. Em alguns casos podem se estender durante a menstruação, desaparecendo somente no final dela.

Apesar de sua causa ser desconhecida, acredita-se que esteja relacionada com a alteração hormonal no início do ciclo, que afeta o sistema nervoso central.

Com o aumento dos níveis de estrogênio e progesterona – hormônios que trazem as características femininas como, textura da pele e brilho, tamanho dos seios e são responsáveis pelo controle da ovulação e preparação do útero para reprodução – nota-se o aumento da ansiedade, irritabilidade e também alterações no humor.

Além dos sintomas citados, algumas mulheres apresentam outros sintomas como:

  • Vontade excessiva de comer doces;
  • Alto grau de sensibilidade;
  • Tristeza;
  • Barriga e corpo inchados;
  • Dor e sensibilidade nas mamas, e barriga;
  • Dor de cabeça;
  • Cansaço, falta de energia.

Essas sensações podem variar de mulher pra mulher e acontecer mais de um sintoma ao mesmo tempo. Com base nisso, a medicina classificou esses sintomas em 5 tipos:

Tipo A:  Relacionada à ansiedade, esse tipo tem como principais sintomas a ansiedade, tensão, alteração de humor, desatenção – ocorre por conta da maior liberação de hormônios que contribuem para o estresse;

Tipo C: Relacionada a compulsão alimentar, com maior busca por alimentos gordurosos (doces ou salgados) e chocolate.

Tipo D: Relacionado a sintomas depressivos como raiva sem razão, violência, baixa estima além dos sintomas de depressão – ocorre pela redução dos níveis de serotonina.

Tipo H: Relacionado a retenção de líquidos, causando inchaço do abdomen, pés e mamas, além de sensibilidade e ganho de peso.

Tipo O: Relacionado aos demais sintomas como sudorese, náuseas, cólicas, acne, mudança de hábitos intestinais, entre outros.

Para minimizar esses desconfortos, existem diversas opções. As principais são a prática de atividades físicas regulares e manter uma dieta equilibrada, com muita frutas e vegetais, redução de sal, açúcar, glúten, álcool e cafeína.

Outros hábitos como ingerir bastante líquido para evitar o inchaço, suplementos vitamínicos com ácido fólico, vitamina B6 e D.

Existem no mercado uma série de fármacos, como analgésicos para reduzir sintomas como desconforto abdominal, dores de cabeça e no corpo e também anticoncepcionais.

Algumas opções mais naturais também podem auxiliar nesse período, como vitamina de banana e leite de soja, suco de cenoura e agrião, chá de ervas e de amora e suco de ameixa com gengibre.

Conheça também a solução da Nature Therapy! Nós desenvolvemos um kit especial, composto por óleos essenciais de lavanda híbrida e laranja doce, que ajuda a regularizar o ciclo menstrual, alivia os sintomas da TPM, diminui estresse, ansiedade e agitação.

Confira clicando aqui! 

Evite se auto medicar. Procure sempre um profissional especializado para indicar qual melhor suplementação e medicação utilizar.

Gostou de saber?! Então acompanhe o nosso blog. Semanalmente temos um assunto interessante para você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *