mãos hidratadas
Coronavírus

A turma das mãos ressecadas

Com toda essa pandemia em que estamos vivendo, um dos hábitos básicos de higiene nunca ficou tão em alta: lavar as mãos com água e sabonete. Além de lavar as mãos, o uso de álcool gel virou um outro grande aliado para a desinfecção contra o coronavírus.

Nossa pele contém uma barreira de proteção, um manto, uma camada hidrolipídica, formado por gorduras e aminoácidos. Esse manto protege a nossa pele da entrada de vários agentes agressores externos (poluição, vento, microorganismos), protege do ressecamento, sendo responsável por deixar a pele saudável.

É importante orientar as pessoas a manter uma barreira saudável na pele (principalmente mãos e antebraços) durante esse período de aplicação constante de sabonete e álcool gel.

O álcool em gel quando aplicado sobre a pele não tem um impacto negativo toxicologicamente falando. Mas quando falamos de dano de barreira o impacto pode ser enorme daqui pra frente.

O álcool etílico, a forma que usamos nas formulações de álcool em gel, aumenta a permeação de várias substâncias na pele. Imagine a 70%, uma altíssima concentração. Só pra você ter ideia, uma formulação de cosmético convencional que usa álcool, usa-se no máximo 5% de álcool etílico. Os perfumes que utilizam álcool etílico têm altas concentrações, no entanto a frequência de aplicação é bem menor.

O que o álcool faz é remover parte das gorduras da pele, deixando nossa função barreira com maior perda de água e principalmente sem a defesa contra agressores externos.

Então a pergunta é: como usar sabonete e álcool gel sem prejudicar a função barreira da pele? Vou te dar 2 dicas valiosa:

1- Use hidratante nas mãos após lavar ou usar álcool gel .Hidratantes não inativam a ação do álcool em gel

Entre uma lavagem e outra das mãos ou aplicação de álcool em gel, é importante manter o uso de hidratantes para mãos. O uso de hidratante não inativa a ação do sabonete, nem do álcool em gel. Não precisa usar o Hidratante a toda hora, mas de uma a duas vezes ao dia é fundamental para passarmos por essa crise e manter nossa pele em condições razoáveis. Opte por produtos mais naturais, menos agressivos e que contenham Hidroviton, uma matéria-prima que nossa pele aceita muito bem e manteiga de karité, que ajuda a repor o manto hidrolipídico da pele. Conheça nosso Hidratante Relaxante, que contém todos esses ingredientes.

2- Use sabonete líquido livre de sulfatos

Primeiramente, o uso de sabonete líquido é melhor do que o em barra, para diminuir a chance de contaminação. Outro aspecto a se levar em consideração é a presença de sulfatos no sabonete. O sulfatos são os detergentes mais agressivos usados nas formulações de sabonetes e por isso mesmo agridem a pele. Existem outros detergentes que lavam suavemente sem agredir e que sua pele vai agradecer. Conheça nosso Sabonete Líquido Revigorante, que contém todos esses requisitos.

Ficam essas 2 dicas e espero que você as siga. Sua pele vai agradecer!

Abraços aromáticos,

Elisa, Farmacêutica da Nature Therapy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *